Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Qual o número mágico ? Parte II

Quanto vc precisa ter guardado pra nunca mais precisar trabalhar por dinheiro ? Pensei nessa questão em alguns momentos da minha vida, cheguei a fazer planilhas e tentei juntar os números mas sempre as abandonei em poucos dias.

O que muitos sites e planilhas mostram sao calculos baseados em médias. Inflação media prevista, rendimento medio previsto, taxa segura de retirada (também uma média) e média de despesas ou renda almejada. Porém toda média é burra. Como a partir desse ano passei a considerar seriamente a possibilidade de atingir a IF, tenho trabalhado para refinar esses cálculos.

Haverão períodos de recessão e de crescimento economico. Haverão períodos de menor e maior gastança. Se um período de recessão coincidir com um período de gastos mais elevados, sua carteira pode nao resistir e vc terá que voltar a trabalhar (se tiver saúde ainda pra isso). 

Já falei aqui no blog sobre a planilha que uso atualmente. Andei melhorando-a e acho oportuno compartilhar isso com a comunidade. A nova versão (2.0) está disponível AQUISugestões e/ou críticas sao muito bem vindas. 

Orçamento para aposentadoria

Na primeira parte vc vai estimar todos seus gastos, do ano em que pretende parar de trabalhar até sua morte. A planilha só contabiliza as despesas e portanto calcula quanto vc precisa para atingir a IF a partir do ano em que vc escolheu parar de trabalhar. Assim, recomendo fazer o orçamento a partir de alguns anos antes do pretendido pra se aposentar, pois assim vc pode fazer simulacoes do tipo "e se eu parar 2 anos antes". 

Estes gastos vao variar. Na velhice vc vai gastar com remedios, assistência medica e talvez cuidadores. Se tem filhos, tem despesas com educaçao por muitos anos. 

Todos os numeros devem ser colocados como valor de hoje. Se um plano de saude para alguem de 70 anos custa hoje 3000, coloque 3000 como o valor que vc vai gastar com plano de saude quando tiver 70 anos.

Aqui tambem entram eventuais receitas pós-IF, obtidas de atividades como aluguel, algum trabalho que vc venha a exercer e a migalha do INSS. Receitas de investimentos nao entram.

A planilha calcula o total de caixa necessário por ano e tambem o percentual de despesas opcionais. A grosso modo seria quanto vc poderia cortar do orçamento pra viver em anos onde a rentabilidade da carteira for abaixo do esperado.

Resultado

Nessa aba vc coloca sua idade, idade quando pretende se aposentar e sua expectativa de vida. IMPORTANTE: se tudo ocorrer como planejado, no final a carteira vai a zero e o cara morre pobre ! Entao seja generoso quanto a expectativa de vida. Recomendo por logo 100 anos, por segurança.

A planilha calcula:
  • Quanto seria preciso ter aplicado para cobrir as despesas: o número mágico ! Com isso na carteira vc nao precisa mais trabalhar !
  • TR média: taxa de retirada média. Deu algo em torno dos famosos 4% que os americanos defendem ?
  • Média de despesas: média mensal e anual de despesas, baseado no que foi informado na aba anterior
  • Média de despesas opcionais: em média, quanto vc poderia cortar do orçamento em anos difíceis

Fluxo

Nessa aba a magica acontece. Ano a ano ela vai calcular suas despesas corrigidas pela inflacao ali informada (células azuis). Em paralelo vai calcular quanto vc precisa ter na carteira para, rendendo o que vc projetar (também deve ser preenchido, células azuis), cobrir as despesas daquele ano. Somando esse valor ano a ano ele chega no numero magico - quanto vc precisa ter para cobrir suas despesas pro resto da vida.
Na coluna "Inflação" vc vai registrando a inflação real ano a ano. A idéia é acompanhar e cortar gastos se necessário. Voce nao precisa registrar a inflação real no entanto; vc pode manipular os numeros conforme achar que a inflação vai aumentar ou diminuir nos anos seguintes. O mesmo vale para a rentabilidade da sua carteira. Acho interessante jogar alguns períodos de inflação alta no meio do caminho.

Meu número

Continuo brincando com os numeros. Nesse momento estou projetando parar daqui 2 anos (otimista) ou 3 anos (realista) com uma carteira rendendo 3% ao ano já descontada a inflação. O numero magico seria 2,7 milhões, despesas em 90mil por ano em média. Ainda tenho dúvidas quanto aos custos de saúde na velhice e como estimar o quanto eu terei que gastar para amparar minha mãe quando ela estiver numa idade avançada.

Divirta-se com o cálculos !

3 comentários:

  1. Meu número mágico está bem próximo do seu, seria 3 milhões. Uma coisa que me preocupa no futuro é saúde, e isso é bem caro no Brasil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Entao empatamos pois prefiro arredondar pra mais por seguranca. Ja vi gent gastando 10 mil por mes pra cuidar de pai ou mae em idade avancada. Temos q ficar espertos.

      Excluir