Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Declaro independência financeira ! Balanço - Maio/2019


E chegou o momento...

30 anos de trabalho e aqui estou eu fora do mundo corporativo. Não é fácil se livrar das algemas de ouro. Deixar pra trás aqueles benefícios, colegas, aquela segurança... Na hora H é complicado, fiquei meio sem acreditar no que estava fazendo. Sem questionar muito só executei o plano que já estava traçado, me agarrando à decisão que já estava tomada.


Muitas planilhas depois, chegou a hora da IF. Me junto aos colegas blogueiros brazucas Sr. IF365, Viagem Lenta, Corey, Pensamentos Financeiros e Conhecimentos Financeiro. Dessa turma eu, o Pensamentos Financeiros e o Viagem Lenta tem filhos.


Penso nos top bloggers mundiais, que chegaram lá partindo do zero em menos de 10 anos. MMM, Millenial Revolution, Root of Good, Viver de Renda... como foi possível ?! Não importa agora. Demorei o triplo mas cheguei lá !


Na carteira o grande acontecimento foi o vencimento dos títulos do tesouro. Com as taxas atuais não tive coragem de reaplicar nem metade. Espalhei pra renda variável, CDBs, moeda estrangeira e fundo de debêntures, mantendo uma parte em CDB de liquidez diária pra futuras oportunidades.


E foi assim:

  • Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 4,38% - alta valorização do TD IPCA causada por quedas sucessivas nas taxas
  • FGTS: 0,24% - a mesma merda de sempre
  • Ações: -0,03% - choveu no molhado e como sempre minha carteira de excelentes empresas não supera o IBOV, índice onde metade das empresas estão quebradas ou sob controle de políticos corruptos
  • FIIs: 2,26% - mais um mês voando
  • EUR: -2,31% - queda nas bolsas do primeiro mundo
  • USD: -4,59% - mês negro para o Tio Sam
  • Stock plan: -2,34% - queda na ação 

Alocação atual:
Renda FixaRenda VariávelMulti mercado
40%31%29%

Outros ativos:
  • Colchão de segurança (Tesouro SELIC, Fundo DI): 0,43% - normal
  • Previdência Privada: 1,29% - muito bom  
Concluindo:
  • Rendimento global da carteira: 0,86% - bom; no ano acumulo 5,58%
  • Taxa de poupança ( (receitas - despesas) / receitas) de acordo com o GuiaBolso: 4% - gastei pra cacete

Todas rentabilidades acima são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pra cá, mais multas e impostos.

Indicadores do mês:
  • CDI: 0,52%; no ano acumula 2,62%
  • IPCA: 0,13%; no ano 2,22%
  • Poupança: 0,37%; no ano 1,87%

Próximos passos

Nos investimentos, TD IPCA a menos de 4% não dá mais. Na dúvida acho que vou aumentar a posição em FIIs e IVVB11.

Não me considero ainda aposentado. Vou sim para um sabático por tempo indeterminado... 1 ano, 2, 10... não sei. Chegar aqui não foi fácil e o novo desafio não é moleza também - manter-se lá.

Vou dar uma viajada e resolver umas coisas. Volto no início do próximo mês com mais um fechamento - o primeiro na vida IF.


Virei vagabundo !!!


PS: maldito blogger