Pesquisar este blog

sábado, 4 de fevereiro de 2023

Balanço - Janeiro/2023: será que agora vai ?


Salve galera !

Mês passou muito rápido. Muito trabalho, alguns dias de férias, Brasil notícia mundo afora com a já esperada invasão ao planalto é o que me vem à cabeça. 

Sobre o tema da invasão, uma coisa me chamou a atenção. O blogueiro Clube dos Poupadores publicou após o segundo turno das eleições um longo artigo sobre os perigos de uma crescente e lenta dominação comunista no Brasil. Falou sobre o papel fundamental das forças armadas e seu patriotismo, aliadas a setores esclarecidos da sociedade, para conter tal movimento. Defendeu com esses argumentos o golpe de 1964. O último post saiu dia 02/01. Dia 08/01 invadiram o planalto. Depois não postou mais nada. Será que foi preso ?

Ainda no tema blogosfera ou finansfera, este vídeo do Dica de Hoje achei muito interessante. O ponto máximo é que investindo em ETFs de bolsa no Brasil, no longo prazo, não se ganha nada, você só repõe a inflação. Ou seja, Tesouro IPCA+ é o melhor investimento do país no longo prazo ?

Entendo que esses números consideram uma gestão passiva tipo buy-and-hold. Pra mim é fundamental realizar lucros quando sobe muito. Tirar e por na Selic a 2% foi a lição que aprendi no último ciclo de juros baixos. Alocação de ativos é melhor que buy-and-hold.


Desempenho da carteira

 
Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): -1,2%
Começou zuado o ano. Peguei mais IPCA 6+ com juros pra coleção, parcialmente com os pré-fixados 2023 que venceram.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 1,4%
Excelente ! Fundos de infra turbinaram a rentabilidade e renderam 1% em dividendos.

Fundos: 2,9%
Arrebentou ! Por essa não esperava. Verde puxou a fila com 3,38% de alta.

Ações: 3,3%
Excelente ! ODPV3 subiu uns 30% e acabei vendendo um pouco. Idéia é passar pra SMAL11 e deixar rolar.

FIIs: -2,1%; DY do mês ficou em 0,94% 
Por um lado o escândalo das Americanas respingou nos FIIs que alugam imóveis pra eles. Por outro a perspectiva de continuidade dos juros altos continua pressionando as cotas pra baixo. Sigo aportando e vendo os dividendos crescendo mês a mês.

EUR: 1,7%
Mercado deu uma recuperada.
 
USD: 1,4%
Idem.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 1,1%
Beleza.

Maravilha.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 0,9%: no ano 0,9%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -2,87%
Taxa de poupança: 48%

Indicadores:

CDI: 1,1233%, acumulando 1,1233% no ano 
IPCA previsto: 0,55%, acumulando 0,55% no ano 
Poupança: 0,71%, acumulando 0,71% no ano

Dá pra ver que começou bem o ano.  2022 foi ruim porém olhando os números foi melhor que 2021. Renda passiva aumentou significativamente. Quero fazer um post sobre isso.


Próximos passos

 
Ando meio desanimado pois não consegui tempo pra revisar minhas planilhas. Significa que não sei quando vou virar vagabundo. Não sei minha TNRP. Não sei pra onde estou indo, se é que estou indo adiante.

Consegui somente fazer uma projeção bem básica. Se a carteira e a inflação ficarem na faixa dos 5% e eu conseguir aportar o que planejei, devo crescer o patrimônio em 2,9%. Seria o primeiro ano de crescimento real desde 2020.

Quero pensar que este ano será melhor. Devo ganhar aumento na firma ou arrumar outro emprego pra ganhar quase o dobro. Mais aporte, mais crescimento. A guerra, a inflação e a recessão estão precificadas, ou seja, daqui pra frente o que vier é lucro.

Feliz 2023 !

quarta-feira, 4 de janeiro de 2023

Balanço - Dezembro/2022: um ano pra esquecer

 


Feliz ano novo, gente !

2022 foi um ano com várias conquistas pra mim, acho que em geral não posso reclamar. Com o fim da pandemia viajei adoidado, revi muitos amigos, entrei numa banda e tirei cidadania européia. Só na parte financeira, que é o foco do blog, posso dizer que o ano não deixou saudades.

Leio ainda os blogs da galera no celular, quando estou na rua mas prefiro comentar em casa, porém nunca acho tempo. Vamos lá, gente, continuem firme nessa caminhada !

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 0,04%
Não saiu do lugar. E eu aportei mais em IPCA 6+.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,5%
Medíocre. Outra vez os fundos de infra caíram e enterraram a rentabilidade.

Fundos: -0,01%
Travou nas quatro rodas. Saí do XP DNA Vision e do Itaú Carteira, que foram uma grande decepção. Diversificado, passivo, taxa de administração baixa mas rendimento pífio. Só preju na verdade.

FGTS: Acabou !
Enfim consegui sacar. Taquei tudo em Renda Fixa e depois vou vendo se vale a pena ir pra RV ou exterior.

Ações: -1,5%
Só roubada.

FIIs: -1,5%; DY do mês ficou em 0,82% 
Um melancólico fim de ano pros FIIs.

EUR: 1,2%
Cambio ajudou outra vez.
 
USD: 0,6%
Medíocre.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,6%
Medíocre. Na verdade, a planilha AdP fica doida e abaixa o rendimento quando tem aporte muito grande. Coloquei um monte de FGTS que saquei aqui.

Fim de ano melancólico, com os planos do exterior matando a rentabilidade.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: -0,1%: no ano 0,4%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -4,92%
Taxa de poupança: -8%

Indicadores:

CDI: 1,1233%, acumulando 12,39% no ano 
IPCA previsto: 0,52%, acumulando 5,68% no ano 
Poupança: 0,7082%, acumulando 7,8997% no ano

Melhores investimentos do ano: Fundos (13,5%), Reserva (12%), RF (8%)
Piores: EUR (-15,87%), USD (-9,54%), FIIs (-5,33%)

Taxa de poupança fechou em 18% pressionada pela inflação galopante e gastos em diversas viagens durante o ano. Patrimônio caiu 1,88% perante a inflação. Desde meu primeiro sabático o patrimônio caiu 3,5% perante o IPCA. 

Próximos passos
 

Agora com cidadania européia o foco é arrumar um projeto pagando uma boa grana. Estou livre das amarras de uma autorização de trabalho. Como sempre tem um porém, quero ir pro Brasil no meio do ano e isso pode atrapalhar. Veremos.

Estou cansado desse trampo BaristaFIRE de luxo que eu arrumei. Emprego é só estresse, seja bem ou mal pago. Mal pago é mais estressante ainda !
 
A planilha AdP está me dando nos nervos e não tenho tempo pra testar outras alternativas. Me cadastrei no StatusInvest e talvez possa usá-lo pra renda variável. Basta encontrar tempo pra cadastrar todas minhas operações ali...

Foco do ano é ganhar dinheiro e simplificar os investimentos.

Força aí galera. Abs!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Balanço - Novembro/2022


Olá queridos leitores, quanta volatilidade esses mês ! Enterrou o ano de vez. Terra arrasada ! Eu segui o preceito de comprar ao som dos canhões. Será que um dia ouvirei os violinos ? Aos poucos vou me cansando.

A IF está no nosso dia a dia. Porque digo isso ?

Tem o tal colega que comentei aqui, que acidentalmente (assim espero) me mostrou uma cena insólita em seu celular. Conversando outro dia ele me contou um pouco da sua história. Disse que estava aposentado (!) mas resolveu voltar ao batente pois se sentia entediado. No primeiro ano disse que foi maravilha, cuidou da casa, do jardim, leu livros, viu TV e descansou. Depois veio o tédio. Recebeu a proposta e entrou na firma poucos meses antes que eu. Ele tem uns 55 anos. Como se aposentou cedo não sei... veremos as cenas dos próximos capítulos.

Tenho 2 colegas da faculdade que atingiram a IF, cada um a seu modo. Um deles montou uma empresa depois de formado, ralou pra caramba e o negócio prosperou. Depois se desentendeu com os sócios, vendeu a parte dele e se aposentou. O outro me disse há alguns anos numa mesa de bar que se vivesse a pão e água o resto da vida não precisaria mais ganhar dinheiro. Acredito que recebeu uma herança. Saiu do seu emprego formal e dedicava-se a projetos pessoais de desenvolvimento de software.

Acho incrível numa mesma turma termos 3 casos - eu e eles. 

Talvez você conheça alguém que atingiu a IF e nem saiba.

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): -0,2%
Uma merda mas acho que até saiu barato levando em conta toda a volatilidade que ocorreu. Enchi o carrinho de IPCA 6+ e peguei um pouco de prefixado a mais de 13%.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,2%
Ridículo. Dessa vez os fundos de infra caíram, embora tenham dado um yield de 1%, livre de IR.

Fundos: -0,7%
Um desastre.

FGTS: 0,4%
Firmeza.

Ações: -7,5%
Uma catástrofe. A caminho do terceiro ano consecutivo com rendimento negativo. Depois de 4 meses sem aporte eu mandei bala em TAEE11, BBDC4, SMAL11, GOVE11 e DIVO11.

FIIs: -5,9%; DY do mês ficou em 0,88% 
Parece não ter fim o calvário dos FIIs. Se encaminham pro terceiro ano consecutivo de rendimento negativo por aqui, por outro lado com yield já na casa dos 10% este ano.

EUR: 2%
Cambio ajudou e ativos também se valorizaram.
 
USD: 7,2%
Subiu tudo ! Mas deve fechar o ano no vermelho.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,9%
Ótimo!

Caminhando pro zero a zero. Tirei uma grana do PGBL que caiu bem no momento em que o TD IPCA bateu 6%. Foi tudo pra lá. Pretendo acabar com o PGBL ao longo dos anos pois não uso mais a vantagem fiscal e não serve pra planejamento sucessório.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: -0,3%: no ano 0,5%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -3,28%
Taxa de poupança: 27%

Indicadores:

CDI: 1,02%, acumulando 11,14% no ano 
IPCA previsto: 0,53%, acumulando 5,26% no ano 
Poupança: 0,6515%, acumulando 7,1409% no ano

Até saiu barato tendo em vista o fusuê que rolou no mercado esse mês. Me sinto no entanto frustrado. O que sobra do salário eu invisto e o mercado come. Assim não dá !

Próximos passos


No fim do ano vou viajar um pouco e torrar uma grana. Bem que podia ter uma euforia qualquer pra me ajudar né ! Falava-se em bolsa a 150k e cadê ?

Desde já boas festas a todos !

sexta-feira, 4 de novembro de 2022

Balanço - Outubro/2022

Bastante trabalho, muitos problemas, algumas viagens e pouco tempo: isto foi outubro de 2022.

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 0,6%
Tá ótimo.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,3%
Medíocre - a decepção do ano por causa da deflação.

Fundos: 1,1%
Excelente ! A surpresa do ano ?

FGTS: 0,43%
Tá de bom tamanho.

Ações: 4,5%
Muito bom ! Nada de aportes, segue ao sabor do vento.

FIIs: -0,6%; DY do mês ficou em 0,86% 
Depois de mostrar sinais de recuperação os FIIs parecem não sair do atoleiro tão cedo. Voltei ao HGBS11 pra diversificar um pouco a parte de shoppings pois só no VISC11 não confio. Aliás, não confio em nada, por isso diversifico.

EUR: 0,9%
Enfim um pequeno alívio
 
USD: -1,7%
O pesadelo continua. E comprei mais IVVB11.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,8%
Ótimo!

Um mês de recuperação.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 0,7%: no ano 0,8%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -2,82%
Taxa de poupança: 15%

Indicadores:

CDI: 1,02%, acumulando 10,02% no ano 
IPCA previsto: 0,16%, acumulando 4,26% no ano 
Poupança: 0,6501%, acumulando 6,4474% no ano

Um rendimento modesto, no entanto mais um pequeno passo rumo ao grande objetivo: virar vagabundo !

Próximos passos


Foco agora no fim do ano é simplificar a carteira, desovar ativos que não vingaram ou que já não fazem mais sentido. Na lista tem por exemplo XPSF11 e o fundo XP DNA Vision. Ambos há 2 anos só enchendo o saco.
 
Aliás, simplificar é meu sonho de consumo. Quero um app que puxe tudo das corretoras e me diga mastigadinho quanto eu tenho. A planilha AdP tem há vários anos desempenhado um papel fundamental na minha trajetória, porém estou achando-a ultrapassada e muito trabalhosa pra atualizar todo mês. Alguma idéia ? Deixe seu comentário.

Bons investimentos a todos e até a próxima!

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Balanço - Setembro/2022

E aí gente, como está sua caminhada ?

Um cidadão que se aposentou precocemente foi assassinado pelos seus sequestradores no interior de São Paulo. Falo do crime da mega sena que todos devem ter visto por aí. Uma coisa é ao longo de décadas você acumular patrimônio, outra é da noite pro dia virar milionário como o caso do cidadão. Não estava preparado nem tinha idéia do que significava o prêmio. Manteve seus hábitos simples, continuou morando na mesma casa e o povo sabia que ele era milionário. Muito triste. Atingiu FIRE mas mal aproveitou.

Outro caso triste foi de um ex-colega que veio a falecer há cerca de um mês. Trabalhava bastante, ainda que um dia comentou com alguém numa conversa rápida perto da impressora que o negócio era andar pra lá e pra cá no escritório fazendo cara de confuso. Assim as pessoas acham que você está muito ocupado e não ficam te pedindo mais coisas. Ele era muito engraçado na verdade, muito gente boa. Porém trabalhou feito um camelo longas horas por várias décadas, se aposentou e morreu poucos meses depois.

A vida é inacreditavelmente curta.

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 1,5%
Excelente ! Quem não comprou as taxas gordas que apareceram esse ano ficou a ver navios.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,5%
Medíocre ? Nem tanto. Mais uma vez foi afetado pela deflação. Um CDB venceu e reapliquei a IPCA+8,9%, de um emissor com rating AA. Tive que conferir várias vezes, fazia tempo que não aplicava nisso e não acreditava numa taxa tão gorda. Mercado secundário.

Fundos: 2,5%
Excelente !

FGTS: 0,49%
Tá de bom tamanho.

Ações: -0,7%
Volatilidade. SEER3 subiu 22%, SULA11 despencou quase 11%

FIIs: -0,9%; DY do mês ficou em 0,87% 
Yield deu baixada provavelmente por causa da deflação impactando os fundos de papel. Não me irrito com o desempenho negativo, afinal não vai subir pra sempre.

EUR: -5,4%
Muito complicado e cheio de incertezas o cenário internacional. Mais uma queda, mais uma remessa. Ao contrário do que dizia minha bola de cristal, o fundo do poço ainda não chegou.
 
USD: -1,2%
Idem. Comprei mais IVVB11.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 1%
Ótimo!

Primeiro mês da carteira nova.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 0,1%: no ano 0,1%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -4,74%
Taxa de poupança: 15%

Indicadores:

CDI: 1,072%, acumulando 8,91% no ano 
IPCA previsto: -0,37%, acumulando 4,01% no ano 
Poupança: 0,6501%, acumulando 6,4474% no ano

Um rendimento aparentemente pífio mas bastante aceitável levando em conta a deflação ocorrida no mês. O importante é que no fim das contas o patrimônio subiu mais um pouquinho.


Próximos passos


Com a escalada do trabalho remoto me pego às vezes pensando em pegar 2 empregos assim e tentar me virar. Já pensou que loucura ? Se chama overemployment, mais uma modinha surgida do pós-pandemia. Tem gente se virando nos 30 pra tocar 2 ou 3 trabalhos ao mesmo tempo.

No momento vejo oportunidades nos FIIs de papel. Sardinhada vendendo porque o yield baixou sem lembrar que a deflação é um fenômeno transitório. E nem é só sardinha vendendo. Deve ter FOF desovando e gerando preju pro cotista. Eu nem queria comprar mais FII de papel pois já tenho bastante, mas não vai dar pra deixar escapar essa. Ontem mesmo peguei mais um pouco de XPCI11.

Até a próxima!

domingo, 4 de setembro de 2022

Balanço - Agosto/2022


Pois é amigos, acho que esse mês todo mundo ganhou dinheiro de algum jeito e comigo não foi diferente. Não acredito que estamos tão perto da eleição e o mercado mostrando tanta resiliência. 

Mês passou voando.

Vi vários vídeos do Bastter no Youtube e me diverti muito. Ele é muito engraçado ! Arrogante, claro, mas tem algum pontos bem válidos. Só que se perde na arrogância, pecando nas explicações. Fala por exemplo que não dá pra você ganhar de um banco no financiamento. Faz sentido, mas como ? Não explica, só fala que quem faz isso é idiota e vai morrer pobre. Ponto.

Engraçadíssimo também é o forum /r/fijerk do Reddit. Rola uns tópicos muito escrachados e o pior é que às vezes se parecem com os tópicos dos fóruns "reais". É nego aposentando com 23 anos, outro vem argumentar que vive com 1 dólar por dia e com isso atingiu a IF aos 14 anos de idade, gente que ganha 300k por ano com um blog FIRE, estratégias mirabolantes pra atingir a IF, investidores em Shitcoin se exibindo e por aí vai... só risada !

Não deixe de participar do anuário FIRE Brasil 2022 promovido pelo colega Aposente aos 40.

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 2,2%
Excelente ! Mas será que acabou mesmo a mamata dos IPCA 6+?
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,2%
Parece pouco mas se considerar que tivemos deflação não é. Metade da carteira é IPCA e portanto andou pra trás. Num outro fenômeno causado pela deflação os dividendos dos fundos de infra vieram bem raquíticos e rolou uma pressão vendedora. Com as quedas aproveitei pra completar minha posição. 3% da carteira global está nisso agora.

Fundos: 1,6%
Arrebentou !

FGTS: 0,41%
Eu não sabia, mas a TR é calculada baseada nas taxas correntes de mercado e por isso de uns tempos pra cá a rentabilidade pulou de 0,25 pra casa dos 0,41%. Um CDB 40% do CDI mais ou menos.

Ações: 1,9%
Mais um mês de euforia. SMAL11 foi o ativo que mais subiu, quase 12%.

FIIs: 8,2%; DY do mês ficou em 0,92% 
Confirmou o que escrevi no fechamento do mês passado. Alguns dos meus FIIs voltaram pro verde e outros estão bem próximo. Só o JSRE11 subiu 17%. Quem não comprou é a mulher do padre ! Aproveitei a alta pra desovar um pouco de MXRF11 pois estava com muito FII de papel  (40% da carteira, sendo que meu objetivo é 30%).

EUR: -2,6%
Moeda e ativos caindo de novo. Aproveitei pra mandar mais uma remessa.
 
USD: -4%
Um desastre ! Comprei mais IVVB11.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 1%
Ótimo!

Troquei toda a carteira brasileira, que estava estagnada. Daqui uns 2 anos eu reavalio.


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 1,4%: no ano 0%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -6%
Taxa de poupança: 8%

Indicadores do mês:

CDI: 1,1694%, acumulando 7,75% no ano 
IPCA: -0,36%, acumulando 4,39% no ano 
Poupança0,7121%, acumulando 7,13% no ano

Zerei a rentabilidade, perdendo ainda da inflação no entanto. Parece um time que está perdido em campo, perdendo de 3 a 0 mas aos 35 do segundo tempo num cruzamento besta acaba achando um gol. Debaixo da garoa fina, a torcida, que já se retirava, vê aquilo e volta pro seu lugar para incentivar o time outra vez. Será que dá pelo menos pra empatar esse jogo ?!



Próximos passos


Cheguei num ponto em que se quiser economizar mais, piora minha qualidade de vida. Se quiser melhorar, só gastando mais sem conseguir guardar nada. Ou seja, minha única alternativa pra melhorar de vida e crescer o patrimônio é ganhar mais. Com investimento está complicado, é muita volatilidade, muita incerteza. Só me resta trabalhar, trocando minha vida por um salário melhor. E só num outro emprego, pois nesse já não tem margem pra ganhar mais sem comprometer minha qualidade de vida.

Parece que o mercado chegou ao fundo e o pior já passou. Se não houver fato novo (China invadindo Taiwan, golpe no Brasil, bomba atômica na Ucrânia, sei lá) deve andar de lado um tempo antes de se recuperar. Quanto tempo ? Nesse ponto minha bola de cristal está embaçada, não consigo ver. :-)

Enquanto isso... é ficar de olho nas oportunidades. Comprar ao som dos canhões, vender ao som dos violinos. Fácil falar né ?

Valeu, galera !

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Balanço - Julho/2022


E aí gente ?

Esse mês peguei uns dias de férias, fui viajar e torrar dinheiro. Vejam abaixo a taxa de poupança que maravilha ficou.

Continuo muito sem tempo e empurrando o mundo com a barriga. Pensando em abandonar o movimento FIRE e fundar o movimento FODASE. Você dá uma bica em tudo e foda-se. Não tem TSR, regra de 4%, juros reais, projeções de bolsa, PIB, inflação, nada disso. É só correr pro abraço !


Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): -1,5%
Títulos longos foram bem além de 6% e eu enchi o carrinho. Pena que durou pouco.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,5%
Fundos de infra deram outra recuada e detonaram a rentabilidade. 

Fundos: 0,3%
Ridículo.

FGTS: 3,3%
Em julho sempre vem um extra.

Ações: 3,3%
Tá de bom tamanho. Agora estou no zero a zero.

FIIs: 1,5%; DY do mês ficou em 1% 
Parece que chegou ao fundo do poço. Quem aportou, aportou. Agora é acompanhar a subida.

EUR: -2,6%
Moeda se desvalorizou mais uma vez. Mas não aguentei e voltei a investir depois de 7 meses só acumulando debaixo do colchão enquanto tudo caía.
 
USD: 0,6%
Tá bom. IVVB11 salvou a lavoura.

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,8%
Ótimo!

Bombou !


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 0,4%: no ano -1,4%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -10%
Taxa de poupança: -2,4%

Indicadores do mês:

CDI1,03%, acumulando 6,49% no ano 
IPCA previsto: 0,13%, acumulando 5,64% no ano 
Poupança: 0,66%, acumulando 4,27% no ano

Houve uma leve melhora no desempenho. Mas esse ano tá osso. Nem quem mexe com cripto está ganhando dinheiro.


Próximos passos


Estou convencido de que tenho que aumentar minha renda. Mais pro fim do ano vou inundar o mercado com currículos e tentar virar freelancer. Minha idéia é pelo menos, se não ganhar mais, trabalhar menos. 

Como ? Tentando pegar projetos que pagam boas taxas. Assim trabalho por exemplo 6 meses e tiro o salário de um ano.

O povo fala que é muito inseguro trabalhar assim, pois não tem previsibilidade. Acaba um projeto, não sabe se vai engatar outro logo em seguida. Pra mim é irrelevante. Se ao final de um ano eu ganhar pelo menos o mesmo não reclamo de ficar sem receber quando não tenho projeto, estou de férias ou é feriado.

E segue o jogo.

Bons investimentos e até a próxima !