Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Gastos com saúde


Tema bastante controverso, vira e mexe sendo debatido dentro da comunidade FIRE. Neste post vou explicar o meu racional por detrás do que eu coloquei no meu Orçamento Pós-IF.

Na primeira versão eu peguei valores de planos de saúde de vários conhecidos em diversas idades, interpolei para as idades que eu não sabia e coloquei um generoso aumento a partir dos 60 anos.

Tempos depois descobri que a ANS, o órgão do governo que regula os planos de saúde, publicava todos os anos um monte de estatísticas sobre o valor dos planos por idade, cobertura, estado e até algumas cidades. Venho usando esses números pra minha estimativa. Neste momento estimo que meus gastos mensais serão os seguintes, como um casal com um filho no estado de São Paulo:

IdadeMensalidade
50-531880
54-582093
59-642868
65-693155
70-743470
75-793817
80-844199
85-894619
90-955081
95-1005589

É mais ou menos isso que você ou seus pais estão pagando ? Deixe seu comentário abaixo.

É normal um aumento de 40% a partir dos 59 anos. Isso porque a ANS proibiu aumentos acima da inflação depois dessa idade. Obviamente as empresas tiveram que repassar seus custos de outra forma, e quem paga a conta são os mais jovens. Mesmo assim, depois dos 64 considerei um aumento de 10% a cada 5 anos, sendo que a partir deste ponto não contabilizo mais minha filha - até lá ela já deve estar trabalhando e tendo o plano dela. Pra facilitar trabalho sempre com valores presentes e fico atento ao meu rendimento real, acima da inflação.

Clique aqui para ver o último relatório da ANS.

Isso seria o plano A. Como plano B eu penso em virar MEI ou abrir uma empresa se compensar, para pagar menos. Eu tenho umas idéias de negócio na cabeça e talvez acabe tendo que abrir empresa ou MEI de todo jeito.

Como plano C posso morar em alguma cidade no interior que tenha um bom hospital público. Normalmente onde tem faculdade de medicina estadual ou federal tem. Bom, morar no interior eu sempre quis, não seria nenhum sacrifício.

O mais importante é você ter alguma cobertura. Nada de fazer como o folclórico blogueiro Mr. Money Mustache que passou um bom tempo sem plano de saúde, e isso nos EUA onde os custos seriam exorbitantes caso ele precisasse. Uma verdadeira roleta russa ! Ele dizia que se alimentava bem e fazia exercícios, então não ficaria doente. Essas coisas realmente ajudam mas não te livram de uma doença grave como o câncer ou de sofrer um acidente andando de bicicleta por exemplo.

Vamos se cuidar, galera !

10 comentários:

  1. Plano de saúde é realmente algo muito caro.

    Qual eu ACHO ser a estratégia mais adequada:
    Primeiro, ter hábitos saudáveis. Se alimentar bem, não ser sedentário.
    2° Adotar uma postura preventiva. Fazer exames regularmente. Fazer sempre check up.

    Essa dicas valem para quem tem ou não plano.

    No Brasil bem ou mal, temos o SUS.

    Eu acho que se o plano compromete mais de 20% da renda, não vale a pena pagar.

    Melhor pagar uma consulta com um médico que passe exames e pagar pelos exames.

    Veja, pagar 2k de plano mensal dá 24 por ano.

    2k vc paga um médico bom e faz todos os exames que precisa para ver como está a saúde.

    Se tiver alguma emergência ou detectar alguma doença aí tem que recorrer ao SUS.

    Pra isso tem que saber lidar com o sistema. Ir

    Tentar fazer bons contatos nos locais. Fazer amizade. Com quem trabalha, segurança, recepcionista, etc.

    Eu tenho plano de saúde, mas recebo subsídio da empresa. Se não tivesse, usaria dessa estratégia.

    Sabendo agradar e tratar as pessoas vc pode ser bem atendido em qualquer lugar.

    Um dos problemas do SUS é justamente ser difícil marcar consulta com especialistas e realizar exames. Economizando com plano de saúde, dá pra pagar por fora o que for necessário fazer e tiver dificuldade no SUS.

    Outro dia fui numa repartição pública conhecida pelo péssimo atendimento. Cheguei lá estava cheio. Tinha uma barraca de lanche na porta. Fui lá comecei a conversar com o cara da barraca, tomei um café. Ele tinha amizade com o segurança.
    Falei com ele da minha necessidade. Uma problema que levaria um dia para resolver, resolvi em uma hora.

    Tem que saber lidar com o sistema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma estratégia a se considerar. A desvantagem é que na hora que vc mais precisa, na hora da emergencia, vc tá na mão do SUS. Imagino eu lá passando mal e tentando fazer amizade com a enfermeira pra ela me passar na frente na fila. Dureza ! Mas como dito, também depende, tem hospitais bons do SUS. Obrigado pelo comentario !

      Excluir
  2. olá! eu fiz uma PJ no meu estado de origem e vou contratar um plano pra minha familia por ela. custa metade do preço do que seria uma PJ em SP. a moça do plano explicou que tem 3 tabelas, uma pra SP, uma pra sudeste e uma pra resto do brasil. podendo fugir dos preço de SP eu faria isso. Minha mae tem 74 anos e tem plano por uma PJ no nosso estado de origem com meus irmaos, ela paga 4k soh ela pelo plano de saude mas que inclui hospitais em SP. dureza.. é o que o colega ai acima falou, só isso já dá quase 50k por ano. uma vez ela teve um AVC e o convenio dela nao era aceito fora do estado (era esses convenios de servidor publico estadual). acabou indo pro Sirio pq ficou com medo e a conta foi 60k (medicos e hospital). mas isso pq o AVC foi tratado sem cirurgia. se tivesse cirurgiao no meio seria 200-300k facil.. depois disso ela resolveu fazer esse seguro atual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 4k pra uma pessoa já é o dobro do que eu pus no orçamento !!! Se nao cobrisse hospitais fora do estado sairia bem mais em conta, nao ? PJ que vc fala é MEI, Ltda ou microempresa ? Mas fica sua dica, fugir de SP/Sudeste se puder. Valeu !

      Excluir
  3. Interessante os valores, muito altos pra minha visão, mas entendo a importância desse planejamento.

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É caro e pode ser ainda mais, veja o depoimento da sempre sabado aí em cima. Prepare o bolso ! Abs

      Excluir
  4. Oi Vagabundo,
    Eu não tenho MEI, e minha empresa não paga plano, então a minha situação atual é que eu mesma pago do meu bolso. Como meu marido teve a grande sorte de descobrir uma área de trabalho que ele ama, trabalharia inclusive de graça, fico sonhando acordada que talvez ele consiga trabalhar em algum lugar que tenha um plano de saúde maravilhoso para toda família. Sonhar não custa nada (pelo menos por enquanto rs). Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yuka obrigado pelo seu depoimento e espero que seu sonho se torne realidade ! Bj

      Excluir
  5. Sensacional, muito bem esquematizado o seu plano de estratégias, estou cogitando seriamente em me mudar para o interior quando estiver mais velho, por enquanto, irei procurar uma maneira de remunerar melhor meu tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, focar no presente, pois o passado já era e o futuro vc nao tem controle. Bons investimentos !

      Excluir