Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Seria a IF uma busca pela mediocridade ?


Hoje um post filosófico inspirado no vídeo acima, sobre a cultura da mediocridade. Trombei com ele há algum tempo e na hora vi a conexão com o mundo FIRE, IFAP, ou seja lá como você o chame.

Com frequencia quem está em busca da IF será criticado por renunciar a uma vida confortável para viver de forma medíocre. Em outras palavras, ouve-se que ao invés do cidadão torrar tudo que ganha em tudo que há de mais moderno e cômodo, este escolhe um padrão de vida mais baixo para poder acumular dinheiro e um dia não precisar mais trabalhar, parando de desempenhar seu papel na sociedade. Uma vida medíocre, de acordo com os críticos, tanto antes como depois da tal IF.

Pois depois de ver o vídeo eu percebi que é exatamente o contrário. Quem está em busca da IF está exatamente indo contra a mediocridade, contra a média. O cara está no dia-a-dia só observando a galera se entupindo de dívidas e praticando consumo inconsciente, enquanto pensa de que forma melhor investir seu dinheiro, otimizar suas contas ou qual habilidade desenvolver para poder ganhar mais e assim poder poupar e investir mais para chegar mais rápido a seu objetivo. Não pode de forma alguma ser tachado de acomodado.

Acomodar-se seria simplesmente acompanhar a manada, repetindo seus hábitos e adotando seus pensamentos. Isso é a cultura da mediocridade. É muito confortável escolhe-la e ficar na média, acomodado. Quem diz que buscar a IF é buscar a mediocridade são os próprios medíocres, confortavelmente sentados em seu comodismo. Não estão preparados para pagar o preço para sair da média e nem querem, escolheram estar ali no conforto.

Quem busca a IF então quer algo mais, acima da média, e terá eventualmente que passar por situações impopulares por causa dessa decisão. Daí vem a conexão com o post que fiz sobre o medo de se destacar. Muitos preferirão esconder seus objetivos para não se destacarem. Eu, por exemplo. Mas existem aqueles que assumem e estes serão alvo dos medíocres de plantão.

Quero deixar claro que não perseguir IF por si só não faz uma pessoa ser medíocre. Esta pessoa pode então não ter atração pela idéia ou até mesmo não entender de dinheiro mas ser excelente em outras áreas, fazer coisas maravilhosas e ser alguém acima da média. Ninguém conseguirá ser acima da média em tudo, será portanto medíocre em algumas coisas e isso eu acho perfeitamente normal.

O problema é não reconhecer o mérito em quem está tentando sair da média, é ficar arrumando desculpa pra minimizar o esforço do outro.

E assim encerra-se o quarto ano do blog.

Desejo a todos um feliz Natal e um ano novo acima da média !

34 comentários:

  1. Mais um buscando se alavancar no nosso movimento. É triste ver estas pessoas que não entenderam nada do que FIRE é e ficam julgando. Parece que estão defendendo a ostentação e viver para impressionar os Joneses ! Outro dia outro maluco no instagram tbm tentou se alavancar nisso e levou uma chuva de comentários detonando....
    deixa que digam e que falem...o que importa é onde estamos e onde vamos chegar ! Que eles gastem tudo se quiserem, pois quem será o medíocre no final será ele !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao entendi. Quem está se alavancando ? Fato é que nao se pode controlar a opiniao das pessoas, entao tem que deixar pra lá

      Excluir
  2. boa reflexão
    buscar a IF no Brasil é ser acima da média

    abs!

    ResponderExcluir
  3. IF não tem nada haver com mediocridade.
    Tá cheio de gente mediocre sem IF e fudido.
    Mediocridade é um conjunto de valores, crenças e comportamentos, algo que vai muito além do patamar financeiro.

    A IF ou algo próximo a ela pode ser a carta de alforria a mediocridade, afnial na "corrida dos ratos" estamos muitas vezes imersos em ambientes mediocrizantes ou mesmo idiotizantes.
    Cada pessoa tem que encontrar seu caminho e não apenas aderir a modelos prontos, IF não é ou deve ser uma morte em vida.
    Pode ser a possibilidade de escolha por novos caminhos ou a renúncia a caminhos que não tem mais signaificado.

    ResponderExcluir
  4. Nenhum medíocre no sentindo literal ou pejorativo, consegue atingir a liberdade financeira, a liberdade é o ativo mais caro que existe e poucos podem comprar ou ate mesmo tem acesso a ela...

    ResponderExcluir
  5. Dado o mundo do trabalho como ele é, principalmente no bananil, acho que é obrigação moral do indivíduo se alforriar através da IF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muitas vezes questao de escolha. Muitos preferem continuar no mundo corporativo, acham que vale mais a pena que a alforria. Uma escravidao tao perfeita que vc nem quer se libertar.

      Excluir
  6. Eu respeito quem busca a IF, mas sempre fui contra a idéia por achar que quem busca a IF está buscando a fugir da realidade da vida. Vi tantas pessoas se foderem pscicológicamente com essa idéia de "Aposentadoria precoce" que não tem como eu defender essa idéia.

    Acredito que o SENTIDO DA VIDA esteja em SERVIR O PRÓXIMO. Quando você serve o próximo, se sente bem com isso ao decorrer do tempo e a vida começa ter sentido. Se a pessoa pensar somente nela, no conforto dela, em viver de prazeres e hobbies, coisas ruins costumam acontecer, e a falta de SENTIDO é a principal delas.

    Acho que oque os If'ers deveriam buscar é um TRABALHO que dê propósito para eles e ao mesmo tempo melhore a vida de outras pessoas. Isso sim, da tesâo de acordar todos os dias e fazer a diferença no mundo.

    Bom, é minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larga mão Peão.
      IF não é sinônimo de ser inútil não. E tem muito emprego, muita função que pouco agrega as pessoas, a realidade é essa.
      Cada caso é um caso. Tem gente adoecendo por causa de problemas relacionados ao trabalho, não ser dependente desses empregos pode ser a diferença entre uma vida saudável ou não.

      Excluir
    2. "SENTIDO DA VIDA esteja em SERVIR O PRÓXIMO" ahahahahahaha
      Mas vai tbnodc !

      Excluir
    3. Ei Peao, obrigado pelo seu comentario, sua crítica é muito pertinente e válida. Acho que as pessoas confundem trabalho com emprego. É possível gerar valor sem emprego, como é possível se sentir um inutil tendo um emprego. Trabalhar é independente de ser remunerado por isso. Sem projetos ou objetivos futuros ninguem consegue ficar muito tempo na praia bebendo caipirinha. Eu nao me lembro agora de nenhum blogueiro FIRE que faça isso. Todo mundo tem suas coisas. Se parar mesmo vc fica louco. Parar de ter um emprego sou a favor, parar de trabalhar por mais que eu queira acho que nao rola. Vc tem que ter um motivo pra sair da cama - filhos pra cuidar, um negocio, uma horta, alimentar os porcos, alguma coisa. Um emprego ? Escritorio ? Apertar parafusos numa fabrica ? Acho que ninguem precisa disso como motivo pra sair da cama e pra ser util pra sociedade. Abs!

      Excluir
  7. Olá, Vagabundo.

    Concordo contigo. O negócio é buscar a IF.

    Cowboy Investidor

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Eu diria que a maioria dos aposentados precoces ganhava acima da média durante a ativa. Ganhar 15k e viver com 5k, por exemplo, é mero consumo consciente, nada de frugalidade extrema, avareza ou privações excessivas.
    A premissa inicial destes críticos é equivocada.

    Realmente é importante nunca achar que alguém é medíocre só porque não aspira a IF. É lamentável depender do próprio esforço até o fim da vida ou de uma teta pra mamar (pensão, INSS, auxílios governamentais), mas isso nem sempre torna a pessoa medíocre.

    Que 2021 traga só bonanças a você e sua família, Vagabundo!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado AC, que em 2021 seus planos se tornem realidade ! Abs

      Excluir
  9. Que coincidência olha esse posta aqui desse cara, e o bando da Matrix criticando a IF dizendo ser medíocre.
    https://www.investidorinternacional.com/pare-com-essa-bobagem-de-aposentadoria-precoce/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ler depois e se valer a pena eu comento lá ! Obrigado

      Excluir
    2. Li o post dele e deixei um comentário. A confusão que ele fez é muito comum.

      Excluir
    3. Normal, IF nao é pra todo mundo, mesmo para quem tem renda pra chegar lá. Vai da personalidade de cada um. A parte psicológica é muito importante.

      Excluir
  10. Mediocridade é mamar nas tetas do governo. Viver das decisões acertadas dos investimentos é uma dádiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer o que todo mundo faz ou quer fazer é a cultura da mediocridade, se aquilo nao é realmente o que vc gostaria de fazer.

      Excluir
  11. Olá QVV, tudo bom?

    Ótimo Post!

    É realmente difícil tentar sair da média, pq você QUER conversar com pessoas que possam acrescentar, e é difícil encontrar.

    Você fala de investimentos, as pessoas pensam em Day Trade ou opções Binárias.

    Isso gera uma certa tristeza.

    Coincidentemente, hoje mesmo eu acordei meio deprê.

    A maratona de longo prazo as vezes cansa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jovem, a solidão é um grande flagelo pra quem está nessa jornada. Só nos resta falar com meia duzia de doidos querendo sair da média na internet. De resto é igual falar com as paredes. Força aí !

      Excluir
  12. Oi Vagabundo,
    É bem isso mesmo que acontece, tem gente que não acredita na possibilidade de ser FIRE, ou até mesmo não se interessa. Nesses casos, tentam nos desmotivar. E também tem as pessoas que até querem, teriam condições financeiras, mas não conseguem por n motivos, e aí tentam desmoralizar, minimizar. Falam que isso é besteira, que é bobagem, que é mediocridade, e em algumas vezes, até tentam nos ofender.
    Voar abaixo do radar foi a melhor alternativa pra mim rsrs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. A busca pela If de forma alguma é mediocridade, agora a pessoa se contentar a viver uma vida de escassez é sim ser medíocre.
    Vejo na blogosfera a galera falando em viver de renda com 5, 6k de renda.
    Com 6k vc não passa fome, mas de forma alguma vive se bem.
    Eu acho que pra viver de renda tem que muita grana, pra parar de trabalhar e viver bem.
    Eu só começaria a pensar a parar de trabalhar com uma renda passiva acima de 20k.
    Que aí da pra ter um padrão de vida de classe média alta pelo menos: ter um carro razoável, bom plano de saúde, fazer algumas viagens por ano, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí realmente vai do estilo de vida de cada um, se 1k ou 20k é suficiente. Nao da pra julgar, uns gostam de macarrao outros preferem arroz com feijao. E tudo é questao de escolha. Trabalhar até os 65 pra acumular e ter renda mensal de 20k ou parar aos 40 com renda de 10k ? Quem quer mais dinheiro vai gastar mais tempo e tempo nao tem como recuperar, é preciso ter consciencia disso. Ótimo comentario, obrigado pela visita !

      Excluir
    2. Anônimo, ótimo comentário.

      Sei que ele é baseado em sua vivência e padrão de vida.

      Então o meu será baseado no meu, tá bom?

      De início, hoje, uma renda passiva de 2K já manteriam minhas contas pagas alguns luxos.

      Continuaria trabalhando tanto para aumentá-los quanto para os futuros gastos maiores, como um plano de saúde, como você citou.

      Pode parecer pouco, mas R$2K de renda passiva por mês me dará uma liberdade, que me permitirá até alçar voos mais altos, já que posso ficar sem renda alguns meses, enquanto desenvolvo o projeto.

      Eu honro você por ter condições de aportes tão excelentes, que te darão um padrão de vida que, julgo, seja de apenas 5% da população.

      Minha busca é, até o momento, mais modesta.

      Excluir
  14. Olá,
    Tem sim muito vadio buscando nada além de uma vida medíocre bancada por outrem, mas chama esse objetivo de IF, FIRE ou qualquer outra coisa. Não estou julgando... Cada um que decida o melhor pra sí mesmo, e isso também tem a ver com personalidade e outras condições de vida. As vezes o cara simplesmente quer passar seu tempo com quem ama ou não tem as qualidades do hustler.

    Contentar-se com uma quantia modesta provavelmente vem em um primeiro momento, ou em quem está em um ambiente com poucas oportunidades e tem menos educação (o que afeta as ambições).

    O cara que tem como único prazer jogar videogame ou assistir séries após chegar do trabalho provavelmente pensa que a vida boa será quando ele puder fazer isso o dia todo, e que não vale a pena sofrer juntando grana se ele visualiza chegar a 2 ou 3k de renda passiva mas não a 10 ou 20. Ou seja, também pode ser resultado de uma dose de realismo.

    Por outro lado, a independência financeira é, na verdade, necessária para que se tenha mais independência de pensamento, opinião e ação.
    Se você não precisar trabalhar pra pagar as contas, pode fazer coisas que gosta e até gerar mais valor com isso.
    Nos USA chamam isso de ter "fuck you money".

    Tendo FYM você não aceita mais levar aquela pilha de merda de um chefe idiota, por exemplo. Pode se meter em aventuras, empreitadas, ler livros e fazer atividades interessantes, desenvolver o habilidade artística, e mais um monte de coisas porque pode se dar ao luxo de cometer mais erros (dos que não causem muito dano). Então é provável que quando se saia da corrida dos ratos, você queira mais.

    De qualquer modo, primeiro você sai da corrida dos ratos. Depois decide se quer e pode mais, ou não. Já vi dos dois casos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande CF ! Não pensa em voltar com o blog ? Eu acho que FIRE nao é uma vida bancada por outrem, e sim e pelo próprio individuo que suou e acumulou a grana. Se chegou lá, já está acima da média e dependendo do estilo de vida pode ser chamado de modesto mas nao de medíocre. Obrigado pela visita !

      Excluir