Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de maio de 2022

Balanço - Abril/2022


Salve, nerds das finanças !

Enfim veio meu bônus junto com um aumento de salário da ordem de... 4%. Isso mesmo, não estou brincando. Não cobriu nem a inflação do ano passado e a bicha tá ainda mais forte esse ano. O mundo corporativo é uma piada. É sério mesmo que tem gente que prefere continuar no emprego do que virar vagabundo ? Não entendo.


No começo do ano o Brasil era um lixo e o negócio era vender tudo e investir no exterior com o dólar a 5,70 e SP500 no topo. Agora o dólar vai virar papel higiênico e o que dá dinheiro é a renda fixa. Vender tudo com o dólar a 4,70 e por no CDI que já tá rendendo quase 1% ao mês praticamente sem risco. Temos que ter muito cuidado com perseguir os investimentos da moda, o que tá dando mais.

Desempenho da carteira


Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.

Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 0%
Estagnou.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 1,3%
Em princípio maravilha mais de 1% líquido, porém com a inflação batendo quase 2% outra vez não sei o que pensar.

Fundos: 0,4%
Uma porcaria. Puxou o freio de mão de novo.

FGTS: 0,34%
Rendendo mais que TD !

Ações: -7,4%
Um desastre. Tudo que vc ganha num mês vc perde no outro.

FIIs: 2,7%; DY do mês ficou em 0,9% 
Será que agora vai ? Sei não...

EUR: -3,7%
Vai caindo e eu vou comprando...
 
USD: -1,7%
Continua derretendo. 

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.

Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,7%
Tá de bom tamanho.

Ativos no exterior continuam enterrando a rentabilidade.

Resultado do mês


Rendimento global da carteira: -0,5%: no ano -2,1%
Rendimento real nos últimos 12 meses: -12%
Taxa de poupança: 49%

Indicadores do mês:

CDI0,83%, acumulando 3,28% no ano 
IPCA previsto: 1,73%, acumulando 4,99% no ano 
Poupança: 0,56%, acumulando 2,23% no ano

Pra poder terminar o ano rendendo pelo menos o CDI eu precisaria de mais de 1% ao mês no próximos meses. Como isso não vai acontecer 2022 é mais um ano perdido. O patrimônio só vai crescer na base dos aportes, se estes não forem engolidos pela inflação. 

Por exemplo, supondo que você aporte 10.000 reais numa carteira de 1 milhão, isso te daria 1% de crescimento na carteira, o que é inferior à inflação atual. Ou seja, mesmo aportando nesse ritmo o cidadão fica mais pobre a cada mês.

O que vocês tem feito ou pretendem fazer pra se proteger da inflação ? Estou ficando sem munição.



Próximos passos


Bolei um mecanismo pra nunca mais comprar nenhuma ação individual. É fácil. Se tal ação da carteira cair abaixo da alocação que defini pra ela, vou e compro um ETF - DIVO11 ou SMAL11. Pronto. E se a ação tal subir acima da alocação, vendo e fim de papo. 

A menos que você tenha alguns milhões investidos não vale a pena a trabalheira que dá na hora de declarar IR. Corro atrás do informe da ação X só pra informar que tenho JCP não pagos no valor de 5,32 por exemplo. Pra que isso ? Parabéns aos stock pickers, não é pra mim.

E digo mais, ações Brasil só continuo por amor à pátria. Renda variável é WRLD11, IWDA e coisas do gênero. 

Quando os juros baixarem daqui uns anos vou vender todos meus títulos longos do TD, ficando somente com os que pagam cupons. Uma economia em desenvolvimento como a do Brasil traz muito risco pra quem investe num título de 20 anos. Ninguém sabe o que será do país daqui tanto tempo. Pode virar a Argentina ou Grécia e dar default. Ou não. Por isso o juro relativamente alto. Não existe almoço grátis.

Caiu meu saque aniversário do FGTS e vai tudo pra renda fixa dessa vez. De 40% CDI vai pra 100%, já é uma grande evolução. Nosso querido governo ainda liberou mais 1000 reais nos próximos meses na tentativa de conseguir alguns votos. Obrigado pela grana (que aliás é minha mesmo) porém voto vou ficar devendo.

Ainda não consegui fazer meu IR. Volto daqui um mês com mais uma atualização. 

Vamo que vamo.

13 comentários:

  1. Não fica receoso em continuar comprando euros com a Europa quase entrando em guerra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao. Nao tenho como controlar se vai ter guerra ou nao. E tenho pouco euro. Se cair me ferra mas ainda sobrevivo. Tambem invisto no Brasil, que pode sofrer golpe de estado ou também ser afetado por uma eventual guerra nuclear. Nao se deve dar bola pra torcida.

      Excluir
  2. Fala, Vagabundo! Tá parecendo o finado Sr. IF 365, reclamou demais no post! Hahahaha
    Zoeira à parte, é brabo mesmo, parece que nada que façamos bate a inflação. O tiozinho antenado que pegou TD IPCA+ tá dando surra nos analistas, traders, casas de research...
    Ainda bem que você voltou a produzir renda ativa.
    Abraço l

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí AC, obrigado pela visita ! Mas reclamar mais q o SRIF nao consigo hahaha. Que figura, deve estar arrancando os cabelos com a queda dos FIIs. Renda ativa provou ter sido uma boa decisão. Mesmo assim, sigo perdendo da inflação. Tudo que sobra do salario o dragao come. Valeu, abs

      Excluir
  3. Vagabundo,

    É triste receber um aumento de 4% no salário, mas é parte do que tem acontecido nos últimos anos nesse país. Só ver as empresas da bolsa que estão crescendo os lucros de forma nunca vista antes na história desse país e em troca os trabalhadores estão com reajustes salariais cada vez menores, sem falar nas demissões em massa.

    A rentabilidade está foda para todo mundo. Você tocou em um ponto interesse (Títulos IPCA+) e cada vez parece que são os melhores títulos de renda fixa para se ter no Brasil. Tem rolado umas LIGs por aí que alguns colegas da blogosfera tem relatado e que estão entregando IPCA+5,xx% a.a e ainda isento de IR. Pode ser uma alternativa para se proteger da inflação, eu ainda não comprei nenhuma mas admito que estou considerando.

    Abraços,
    Pi

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala PI, obrigado pelo comentário. Acabei de aprender o que é LIG :) É uma idéia. Eu tenho CDBs e Debentures na base do IPCA. No longo prazo o TD IPCA tambem protege da inflacao. Mas no curto fica esse vazio né. Bons investimentos pra vc !

      Excluir
  4. perseguir os investimentos da moda...exatamente. Nego vendou toda renda fixa e chamava de perda fixa a menos de 1 ano, olha agora. Ze treidinho fica girando patrimônio e nunca chega a lugar nenhum...tem que tomar bem no oco mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da perda fixa pra perda variável. haha. Vamos com cuidado.

      Excluir
  5. Vagabundo, não tem receio de que o giro dos ativos (vender todos os TD sem cupom, vender ações quando atingirem o valor X) corroa o patrimônio devido a antecipação do IR?

    Inflação está complicada, o que tento é conseguir alguma renda extra e os próprios investimentos são uma tentativa de proteção. Mas nos níveis atuais parece uma guerra perdida mesmo. Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao, pq os TD ja estao na faixa mais baixa (15%) e açoes eu vendo sempre abaixo de 20mil por mes que é isento. Pois agora a SELIC tá dando 1% ao mes e mesmo assim nao vence a inflação. Continuamos na era de juros negativos. Inacreditável.

      Excluir
  6. É, vagabundo, essa inflação mundia tá foda (e como tudo que é ruim, é AINDA PIOR aqui na Banânia). Eu, pelo menos por enquanto, sigo no meu plano de aportar no que eu acredito que tem bons fundamentos, e sigo buscando formas de aumentar meu poder de aportes. Nesse último item tenho falhado miseravelmente.

    Abraço.
    https://engenheirotardio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao se cobre muito. Um dia de cada vez. Obrigado pela visita!

      Excluir
  7. Bom dia Vagabundo! É complicado mesmo a renda variável BR... Ações com lucros recorrentes por décadas e preço da ação andando de lado... não dá pra entender. Isso quando o mercado inteiro não sofre com algum ruído ou ação eleitoreira. É triste. Gostaria muito de implementar o plano de ações BR zero com 100% de ações via ETFs internacionais, mas ainda não estou pronto pra isso. Entendo que tenho que continuar tentando manter uma carteira pelo menos por 10 anos pra sentir mesmo se as ações BR realmente conseguem retornar um retorno acima do CDI. Só sobre pra nós torcer prA inflação cair um pouco com a redução da pandemia e algum futuro acordo de paz na guerra da Ucrânia...estamos em uma época complicada e isso está visível no mercado. Não é hora de fazer muitas mudanças de estratégia.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir