Pesquisar este blog

quarta-feira, 5 de junho de 2024

Balanço - Maio/2024: de volta aos trilhos ?

 


E aí gente, como estão as coisas ?

Completei meio século de vida e acho que já mereço me aposentar. Pois até uns anos atrás o povo se aposentava com 50, não era ? Eu também sou filho de Deus !

Ou vou fazer igual o esquema de dobrar a meta. Aposentar com 100 e o dobro do patrimônio.


Desempenho da carteira

Todas rentabilidades abaixo são líquidas, com exceção de previdência privada. Já está descontado IR e taxas para se desfazer dos ativos. Para ativos no exterior considerei um ágio de 5% no câmbio se quisesse trazer tudo pro Brasil, mais multas e impostos.
 
Tesouro direto (Pré-fixado, IPCA, Selic): 0,3%
Continua o show de horrores. Mais pro fim do mês tinha uma graninha sobrando, olhei nas taxas, vi aquele monte de IPCA 6+ dando sopa e não aguentei: mandei mais 2 títulos pra carteira. Vai render mais que 90% dos meus outros ativos.
 
Renda Fixa (CDB, LCx, Debêntures): 0,6%
Um CDB que venceu foi reinvestido a IPCA+7,1. Fundos de Infra ratearam, inclusive com uma queda nos dividendos, fechando com um yield de 0,87%.

Fundos: 0,3%
Pelo menos não fechou no negativo !

Ações: -1%
Será que a vale a pena insistir nisso ? Qual o prazo pra ter retorno nessa classe de ativos afinal ? E o custo de oportunidade ? :-/

FIIs: 0,8%; DY do mês ficou em 0,87% 
Como apesar de tudo conseguiu valorizar algo não entendo.

EUR: 2%
Ativos continuam andando de lado mas o euro disparou.
 
USD: 4,6%
Comprei um pouco mais de IVVB11 e o negócio não para de subir. Que ativo é esse ?!

Veja detalhes atualizados sobre a carteira no meu Painel de Controle.


Outros ativos


Reserva de segurança (SELIC, RF): 0,7%
Tá de bom tamanho.

Bombou !


Resultado do mês


Rendimento global da carteira: 1% acumulando 2,8% no ano
Rendimento real nos últimos 12 meses: 4,1%
Taxa de poupança: 47%
 
Indicadores:

CDI: 0,83%, acumulando 4,4% no ano 
IPCA previsto: 0,44%, acumulando 2,25% no ano 
Poupança: 0,5874%, acumulando 2,8512% no ano

Aos trancos e barrancos a coisa insinua voltar pros trilhos. A meta é bater a poupança ! Que fase. O mais importante é que o patrimônio cresceu mais um pouquinho.

Próximos passos 

Tenho me sentido ansioso pra revisar todas minhas planilhas pra confirmar de novo se dá pra pedir arrego no trampo. Cada vez mais penso em como vou fazer isso. O que vou falar pra eles ? O que vou falar pra patroa ? Pra sociedade ? Já passei por isso e por medo optei por ocultar a maior parte da história ou mentir. Não quero fazer isso de novo. Também não quero ficar me justificando ou panfletando as maravilhas de ser vagabundo.

Não sei se caso ou compro uma bicicleta.

Idéias ?

Obrigado pela visita e bons investimentos !

13 comentários:

  1. Olá Vagabundo, bom dia

    Esse é um interessante dilema que frequentemente nos atormenta na Firesfera. O auxilio de uma terapia facilita a controlar os níveis de ansiedade.

    Para a sociedade, é mais difícil justificar, pois a maioria esmagadora não está preparada para compreender a independência financeira. Sair da Caverna de Platão ou escapar da Matrix é para poucos corajosos e disciplinados.

    Eu optarei por uma transição de carreira e prestar serviços de consultoria. Assim para a sociedade estarei ainda "contribuindo".

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. O que falar pra sociedade?
    Opções: Mudar pra outro bairro ou cidade, onde as pessoas não te conheçam e com isso dê uma liberdade maior de não haver comparações com como era você e sua vida no passado.
    Abrir um pequeno negócio ou prestar algum serviço autônomo muito mais "de fachada" do que por necessidade. No caso do pequeno negócio talvez haja a necessidade de contratar alguém e isso já gerará custos e um pouco mais de "dor de cabeça". Mas com isso você não será um aposentado.

    ResponderExcluir
  3. Mas aos 50 anos anos acho que já dá pra sem importar menos com isso e talvez falar a verdade (dependendo de pra quem) sem tantos detalhes. Mais complicado é pra quem alcança a IF aos 40 (o que não é comum).

    ResponderExcluir
  4. Pra esposa acho que tem que ser honesto e abrir o jogo, já pra sociedade da pra esconder de boas. Dizer que vai trabalhar em outro lugar que da mais flexibilidade é 100%home office e vai levando a vida. Ou então dizer q vai tirar um sabático e vai prorrogando o fim do sabático até ser normal querer estar aposentado.
    PS eu queria muito estar nesse dilema do que dizer pras pessoas. Kkkkkk
    Por enquanto meu dilema é acumular o suficiente msm.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Parei ano passado, aos 52 anos e sem INSS. Esposa deu apoio. Sociedade que se dane, não pagam minhas contas. A vida está muito boa! Agora é administrar rendimentos e gastos, no geral, fomos bem esse primeiro ano.

    ResponderExcluir
  6. Parei há um ano, aos 52 anos de idade e sem INSS. A vida tem sido muito boa!
    Esposa apoiou, já a sociedade... que se dane porque não pagam minhas contas. Agora é administrar rendimentos e gastos, no geral, fomos bem nesse primeiro ano.

    ResponderExcluir
  7. Você pode falar que está em uma transição de carreira (pode omitir que essa transição vai durar para sempre) ou fazer igual eu que digo que vou virar gestor de finanças (omitindo que a única finança que eu vou gerir é a minha).
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Questão importante essa, alguma coisa há que se dizer para as pessoas ao redor. Eu detesto dar satisfações, provavelmente iria de historinhas e meias verdades kkk. O fato é que é complicado dizer às pessoas que não precisamos trabalhar porque "estamos ricos" (é isso o que irão achar, e não que o patrimônio é fruto de toda uma vida de disciplina e organização).

    Talvez uma maneira de não dar muita satisfação e ao mesmo tempo não se comprometer com mentiras é dizer que está tirando um período sabático...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pelos comentários ! vou responder aqui tudo de uma vez, já que vai tudo mais ou menos na mesma linha. Algo vc tem que dizer pras pessoas próximas. Num primeiro momento eu quero é diminuir a jornada pra 3 dias por semana e aí nao sei bem o q vou dizer pro meu chefe. Q vou montar um negocio proprio, talvez. E ir enrolando até onde der com essa historia, nao sei. Inevitavelmente um dia vou querer parar de vez e aí acho mais interessante essa idéia de uma ocupacao de fachada, seja um pequeno negocio ou consultor de qualquer coisa. O mais complicado é convencer a patroa de que tudo vai ficar bem, mas isso como disse é uma segunda fase. Em primeiro lugar tenho que enrolar meu chefe. Valeu!

    ResponderExcluir
  10. Estou com 40 anos e não precisamos mais trabalhar faz uns 2 anos. A ficha caiu pra mim e minha esposa, mas seguimos trabalhando. Não fico confortável com essa situação, fico meio desesperado, inclusive. Eu acho que você não preciosa dar satisfação pra ninguém, seja o chefe ou quem quer que seja. Também não precisa falar dos seus investimentos. Eu e minha esposa não falamos disso com familiares nem amigos. Até mesmo porque muitos deles são gastadores natos, classe média convencional, então falar sobre isso só traria problemas. Agora, ter uma ocupação só de fachada não acho que seria algo interessante. Não dá para viver uma vida de faz de conta. Aproveita o tempo de vida que resta e gaste o tempo e a energia com outras coisas que você gosta, mas ainda não se dedicou a elas. Passado o susto inicial, as pessoas se acomodarão com seu estilo de vida, acredito. Tem sido assim com a gente, pelo menos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela conquista Anon ! Entendi que ja podem parar mas ainda nao pararam. Falta o que agora ? É um consolo saber que a típica classe média gastadora com o tempo pode se acomodar com nosso estilo de vida, ao invés de ficar te olhando torto e te julgando. Vc tem razao. Eu é que tenho vergonha que as pessoas saibam do meu sucesso. Obrigado pelo comentário e volte outra vez !

      Excluir
  11. Tô com o mesmo sentimento que você olhando pro rendimento das ações, porém em relação a quase tudo que é renda variável na minha carteira. Será que não é melhor assumir logo a incompetência em querer ficar escolhendo ativo, meter tudo em VOO mensalmente e só lembrar de olhar a carteira de novo daqui a 10 anos?

    Abraço.
    https://engenheirotardio.blogspot.com/

    ResponderExcluir